4 Métricas para medir seu Brand Awareness




Antes de criar conteúdo para alavancar seu brand awareness, é importante considerar se você está criando o tipo certo de conteúdo.


Tome como exemplo os infográficos. Eles são mais frequentemente usados como uma ferramenta de construção de links. Isso é bom, se ganhar links é o seu objetivo. Infográficos não são tão eficazes, no entanto, se o que você realmente quer é aumentar a visibilidade da sua marca - uma vez que, por exemplo, sua logomarca fica bem escondida, geralmente no final do conteúdo.


Por outro lado, se você quiser criar conteúdo que expõe sua marca a mais pessoas, você pode querer algo como:


  • Artigos de convidado para outras publicações (relacionados ao seu trabalho)

  • Vídeos (com você como a estrela)

  • Podcasts

  • Webinars

  • E-books

  • Manuais de instruções de marca

  • Cobertura ou resenhas de mídia de terceiros

  • Pesquisa com dados de primeira mão

  • Apresentação do SlideShare



Estes são todos os tipos de conteúdo em que é OK para destacar a sua marca.


Agora que você sabe que tipo de conteúdo você deve criar para aumentar seu brand awareness, vamos listar 4 maneiras de acompanhar o seu impacto.



1 - Social Media Reach


O alcance social do seu conteúdo é um indicador do impacto que a sua marca está tendo - pelo menos, se for o tipo certo de conteúdo (como discutido acima).


Infelizmente, medir o alcance social completo de seu conteúdo não é tão fácil ou preciso como costumava ser. No final de 2015, o Twitter parou de suportar a contagem de ações nos botões de tweet. Felizmente, as estatísticas de compartilhamento ainda estão disponíveis para quatro das grandes redes sociais - Facebook, Pinterest, LinkedIn e Google.


Como você pode obter esses dados?


Shared Count


Shared Count é uma ferramenta para verificar quantas vezes um conteúdo foi compartilhado socialmente (ou pelo menos compartilhado nas quatro plataformas mencionadas acima). É gratuito e fácil de usar. Apenas digite a URL que você deseja verificar e clique em "analisar".


A principal desvantagem do Shared Count é que você só pode verificar um URL de cada vez. Para controlar com precisão o alcance social do seu conteúdo e, por sua vez, o impacto no reconhecimento da marca, você terá de verificar cada URL em que o seu conteúdo é apresentado.


Get Social


O Get Social promete rastrear todas as interações sociais e não somente aqueles 20% realizadas nos botões de compartilhamento. Isto é fundamental para obter uma ideia completa de quão amplamente seu conteúdo está sendo compartilhado e o que está funcionando ou não para aumentar a notoriedade da marca. A ferramenta não é gratuita.



2 - Menções


Outra ótima maneira de medir como a visibilidade de sua marca está mudando é rastrear quantas vezes ela é mencionada.


Se você tem uma marca única, isso é muito mais fácil. Se menções de sua marca se confundem entre menções de uma outra parecida, fica difícil de filtrar as suas. No entanto, vamos supor que você tem um nome único (ou pelo menos você não compartilha seu nome com uma grande marca). Muitas ferramentas acompanharão onde seu nome de marca está sendo usado online.


Mention


Mention é uma das ferramentas de rastreamento de marca mais conhecidas. Ele rastreia sites, fóruns, blogs, plataformas de mídia social e muito mais para encontrar menções de sua marca e informá-los - em tempo real através de notificações push ou através de alertas por e-mail. A ferramenta é paga.



Google Alerts


A ferramenta de rastreamento do Google teve seus altos e baixos (ao ponto de se tornar essencialmente inútil uma vez). Embora não seja a melhor ferramenta do mercado, ela é gratuita e fácil de usar.


Se você não tiver o orçamento para uma ferramenta de acompanhamento profissional, vale bem a pena alguns minutos para configurar um alerta do Google. Basta digitar o que você deseja acompanhar na caixa e clique em "criar alerta”. Simples assim.



Tenha em mente que a mesma sintaxe de pesquisa usada em uma pesquisa do Google funcionará com os alertas do Google. Se pretender garantir que apenas são enviados alertas para o seu nome de marca multi-palavra, tem de criar um alerta utilizando as correspondências exatas.


Por exemplo, se eu fosse criar um Alerta do Google para o meu próprio nome, eu usaria “Rafael Chaves” e não Rafael Chaves.



3 - Menções por mídias


Alguns profissionais medem o impacto de suas campanhas digitais quase exclusivamente pelo número de links que as campanhas geram. Eles estão se fazendo, e seu trabalho duro, um desserviço.


Se as pessoas estão falando sobre sua marca on-line como resultado do conteúdo que você está criando - com ou sem um link - o seu conteúdo está afetando o reconhecimento da marca. Você pode acompanhar menções de mídia usando as ferramentas mencionadas acima, mas você precisa distinguir entre menções de mídia e menções de consumidor.


Alternativamente, existem ferramentas que fornecem informações mais detalhadas sobre menções on-line e cobertura da mídia. Infelizmente, essas ferramentas tendem a vir a um custo bastante alto.



4. Pesquisas de marca


O número de pessoas que procuram por sua marca lhe diz muito sobre como a consciência geral de sua marca está mudando. Infelizmente, rastrear isso costumava ser muito mais fácil do que é hoje. Antes de o Google começar a ocultar dados de palavras-chave em "não fornecido", o monitoramento de pesquisas de marca era simples. Você apenas tinha que olhar para seus dados de palavra-chave no relatório de tráfego do Google Analytics. Embora alguns desses dados ainda estejam disponíveis, a quantidade é tão pequena que fica pouco confiável de ser usada.


Felizmente, ainda existem maneiras de medir como as pesquisas para sua marca estão mudando.


AdWords


Executar uma campanha de marca no Google AdWords pode revelar muito sobre quantas pessoas estão pesquisando seu nome on-line.


Algumas empresas não gostam de executar campanhas de marca porque estão pagando por cliques desnecessários porque seus nomes de marca devem aparecer no topo dos resultados de pesquisa orgânica quando alguém procura sua empresa. No entanto, se o objetivo de uma campanha de marca é quantificar essas pesquisas, o Google AdWords pode funcionar bem.


A criação de uma campanha de marca segue o mesmo processo de criação de qualquer outra campanha do AdWords. Apenas certifique-se de:


  • Oferecer apenas palavras ou frases exatas

  • Incluir palavras-chave para quantas variações de sua marca for possível


Depois que sua campanha estiver em execução, os dados de impressões mostrarão quantas pessoas estão buscando uma variação de sua marca. Você será capaz de rastrear como isso muda ao longo do tempo.


Keyword Planner


Se você usou apenas o Keyword Planner do Google para encontrar frases para usar em campanhas pagas ou otimização na página, você não está utilizando todo o potencial. Ele também pode lhe dar uma boa idéia de quantas pessoas estão procurando seu nome de marca e como isso muda ao longo do tempo.


Acessar esses dados é simples. Na primeira página do site, selecione "Obter dados e tendências de volume de pesquisa" e digite o nome da sua marca. Em seguida, verifique se você está coletando dados do país correto e clique em "Obter volume de pesquisa".


A exatidão dos resultados fornecidos, infelizmente, dependerá se você estiver executando campanhas com o Google AdWords. Se você não for, você verá resultados aproximados. Se esses dados forem importantes para você, sugiro executar uma campanha do Google AdWords de baixo custo puramente para obter acesso a dados mais precisos.


O Keyword Planner também permite que você veja como esses dados mudaram ao longo do tempo. Para exibir isso, selecione a caixa "Intervalo de datas" no lado esquerdo da página, gire o botão "Comparar" e selecione as datas que deseja.


Google Trends


Se você quiser ter uma rápida ideia de como as pesquisas de sua marca estão mudando ao longo do tempo, use o Google Trends. Digite seu nome de marca na caixa de termo de pesquisa e altere os filtros conforme necessário.


De longe, o filtro mais útil é "Todas as categorias" - se você compartilhar o nome da sua empresa com outras marcas. Isso irá aumentar a precisão dos resultados, permitindo com que você estreite os resultados para pesquisas de sua marca dentro no seu mercado.


Contudo, caso você seja uma empresa/marca de pequeno porte, pode ser que essa ferramenta não tenha muita coisa a te mostrar.




Conclusão


Essas 4 métricas são as que valem a pena monitorar se você quiser entender como seu marketing de conteúdo está afetando a percepção geral da marca. Caso você esteja rastreando mais alguma que seja interessante, seria bom ouvir. Nos conte aqui nos comentários.










Fonte: Content Marketing Institute













Posts Em Destaque
Posts Recentes
Arquivo
Procurar por tags
Siga
  • Facebook Basic Square
  • Twitter Basic Square
  • Google+ Basic Square